Para fortalecer as vendas, veja como funciona o chatbot no e-commerce

O constante crescimento das lojas virtuais faz com que as expectativas dos empreendedores com relação a esse mercado só aumentem. Com o intuito de aperfeiçoar ainda mais a prestação do serviço, as empresas têm buscado se aliar à tecnologia para tornar o atendimento ao cliente cada vez mais personalizado e conveniente.

De fácil aceitação pelos usuários, os chatbots no e-commerce facilitam as compras online e estão à disposição do consumidor 24 horas por dia, sem que seja necessário dispor de recursos humanos para isso. A inteligência artificial entregue nesta tecnologia é capaz de proporcionar um diálogo muito próximo do humano e solucionar uma série de questões importantes em um curto espaço de tempo.

Assim, são considerados excelente estratégia para gerar leads e converter vendas e são pontos-chave para convencer um possível cliente a permanecer navegando no site e adquirir produtos. Bem atendido, ele certamente voltará a comprar e irá recomendar o site aos amigos, aumentando as conversões. Uma outra vantagem é que o robô consegue realizar atendimentos simultâneos, permitindo que apenas as questões de maior complexidade sejam repassadas para a equipe de relacionamento.

A assistência à navegação é outra possibilidade muito interessante. Ao mesmo tempo em que os chatbots estão à disposição do cliente, eles também os deixam à vontade para navegar pelo site, prestando auxílio em alguma dúvida e orientando os próximos passos somente quando requisitados. Isso, sem dúvida, torna a experiência de "comprar" mais clara e rápida.

A InBot , desenvolvedora de soluções com inteligência artificial, reforça que apostar na tecnologia é uma atitude certeira no mundo dos negócios online. "É graças a ela que os clientes passaram a ter mais comodidade em suas compras. Tornar esse processo mais simples, prático e conveniente é dever das empresas", reforça. Ao mesmo tempo, mapear e explorar todas as possibilidades de utilização do chatbot contribuem para o aumento dos resultados financeiros e operacionais.

Como por exemplo, o reconhecimento de clientes recorrentes, permitindo que o atendimento seja diferenciado e fazendo com que eles se sintam especiais. O chatbot pode sugerir produtos e anunciar promoções baseado-se nos hábitos de navegação ou na análise dos itens que já estão na sacola de compras, interagindo com o consumidor como se estivesse num agradável bate-papo entre dois velhos conhecidos!

O chatbot pode ser o principal canal de interação entre empresa e cliente, atuando não só no site da marca mas também nas mídias sociais como Facebook e Twitter e no Google Assistant, por isso não se deve desperdiçar a oportunidade de maximizar o seu potencial. Já imaginou torná-lo um multicanal, de uma maneira tão simples? Portanto, tenha em mente adotar um chatbot com um alto grau de entendimento da linguagem humana, baseado em PLN (Processamento de Linguagem Natural) e não hesite em ter, como parceiro, uma empresa com a experiência de mais de 17 anos, que não entrega apenas um sistema mas também o conhecimento de profissionais de conteúdo, de negócios, psicólogos e desenvolvedores.



Website: https://www.inbot.com.br/