Inovando no basquete brasileiro, Mogi das Cruzes/Helbor vai levar realidade virtual para torcedores

Em uma parceria com a Panogramma, o Mogi das Cruzes/Helbor deu o primeiro passo para levar a realidade virtual (VR em inglês - virtual reality) para os seus torcedores. Na semana passada, a empresa esteve no Ginásio Hugo Ramos para captar imagens de jogadas com três integrantes da equipe utilizando câmeras de realidade virtual. O projeto já está em fase de desenvolvimento e, em breve, levará a sensação imersiva de estar dentro da quadra com os ídolos, uma experiência incrível para os fãs do clube.

"Trazer a realidade virtual para o esporte foi uma experiência mágica desde as Olimpíadas de 2016 no Rio, passando pelo futebol e pela Stock Car. Só que existe uma paixão que é intangível para mim e todos os membros da Panogramma: o basquetebol. Eu amo o basquete. Assim, poder usar essa ferramenta para aproximar as pessoas com essa máquina de empatia, criando uma instância inédita - não é nem a tevê, nem o estádio -, é maravilhoso. Quando você coloca o óculos é transportado, fica imerso no jogo de basquete. É transformador e inovador. Sei que inovação é uma palavra desgastada, contudo é fato. Você só vê isso na NBA. O Mogi das Cruzes/Helbor será o primeiro no Brasil, talvez na América Latina, a adotar essa linguagem de mídia. Não será um artífice e sim uma linguagem presente, vigente como uma linguagem no dia a dia do clube", ressalta João Marcello Bôscoli, produtor musical e sócio da Panogramma.

Além da inovação e experiência para os torcedores, o projeto tem como objetivo expor de maneira natural e orgânica os atuais patrocinadores e também atrair novos anunciantes. "A realidade virtual é uma plataforma presente no mundo inteiro e a gente quer trazer um conteúdo diferente para a nossa torcida. O pioneirismo de ser o primeiro clube de basquete no Brasil que vai implementar o VR já é um grande orgulho. Outro pilar é trazer novidade para os nossos patrocinadores e outras marcas que queiram estar no basquete de forma inovadora. Por isso nós estamos trazendo a empresa do Bôscoli, simplesmente a melhor em VR no Brasil, para começar este projeto junto com a gente. A ideia é criar um núcleo para o torcedor experimentar a realidade aumentada, com um estande durante os jogos, com os óculos para o torcedor ter a experiência inicial de jogar com os jogadores", explica Rodrigo Geammal, diretor de marketing do Mogi das Cruzes/Helbor.

Este projeto conta com outro parceiro estratégico, o Torcedores.com, maior site independente de conteúdo esportivo do Brasil, com mais nove milhões de usuários únicos e 20 milhões de páginas mensais de notícias do mundo do esporte. O portal está dando início ao seu mais novo projeto: Torcedores VR. Uma forma do clube aumentar a aproximação com seus torcedores espalhados pelo Brasil.

PIONEIRA

Sediada no Brasil, Estados Unidos e Canadá, desde 2008 no mercado, a Panogramma já tem no portfólio mais de 300 vídeos criados em Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Mixed Reality, com mais de 20 milhões de visualizações. A empresa foi a primeira a criar um vídeo em VR para o Facebook dos EUA.