ADP reduz em mais de 10% as divergências no processo de Folha Anual com solução de eSocial

Neste ano, a ADP, uma das maiores fornecedoras de soluções de tecnologia para a gestão de capital humano no mundo, terá um processo de Folha Anual diferente. Isso porque, com a solução de eSocial implantada em seus clientes, a companhia aumentou em 12% o número de organizações sem pendência cadastral e reduziu em 11% às demandas com relação à confirmação de dados e pedidos de informações complementares, considerando o mesmo período do ano passado. Isso sem contar todo o suporte aos clientes para que cumpram o cronograma do eSocial com eficiência e qualidade quanto às mudanças em obrigações fiscais, trabalhistas e tributárias.



“Estudamos o nível de inconsistências em uma amostra de conferências da DIRF e da RAIS e constatamos que as empresas que fizeram todas as correções e higienizações de base para entregas do eSocial reduziram a quase zero suas atividades de correções para entregas de anuais”, destaca Anna Ziskind, diretora de Service Delivery na ADP.



O processo de Folha Anual na ADP começou em outubro e já teve o batimento - ou seja, a conferência de informações para envio do demonstrativo de IR para cada colaborador – realizado de forma parcial (até a competência de setembro) para 50% da base de clientes, que hoje somam 900 empresas. Dentre elas, 72% são da segunda fase do eSocial, com faturamento abaixo dos R$ 78 milhões em 2016.



“Conseguimos essa agilidade porque combinamos automatização e inteligência humana. Enquanto robôs realizam tarefas repetitivas, as pessoas atuam na estratégia, garantindo a excelência do trabalho”, conta a executiva.



A expectativa da companhia é que seja constatada uma porcentagem ainda maior de empresas sem pendência cadastral conforme o batimento avance. Ele será concluído em março para a DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) e em abril para a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).