Veja como se organizar para pagar contas extras nesse início de ano

Organizar as finanças no início do ano pode ser um desafio para o consumidor que exagerou nas compras de Natal e Ano Novo. Além de contas de água, energia e telefone, que são recorrentes, janeiro e fevereiro trazem outros compromissos como IPVA, IPTU, matrícula e material escolar. Os descontos oferecidos pelo governo para o pagamento dos impostos à vista são interessantes e devem ser considerados.


Mas se não for possível pagar todas as contas à vista, é preciso planejar e anotar todos os parcelamentos para que novos compromissos não interfiram nas despesas ao longo do ano, comprometendo as finanças da família. Se o 13º salário foi usado nas festas de fim de ano, pode ser necessário adiar gastos supérfluos que estavam planejados, como comprar uma televisão maior, por exemplo.


No caso do material escolar e a matrícula, a melhor saída é pesquisar menores preços em diferentes lojas e negociar o pagamento na escola. Uma opção é o Clube de Descontos Use Mais, que dá vantagens exclusivas para seus membros em mais de 500 lojas físicas e virtuais. A Maravilha Livros, por exemplo, oferece descontos de até 25%. Para participar e ter acesso a todos os descontos, basta fazer cadastro gratuito no site.

Consignado

No caso de servidores públicos dos municípios de São Luís, Maceió e Governador Valadares e dos Estados do Maranhão e de Goiás, o consignado pode ser a solução para organizar despesas no início do ano. A Neoconsig, empresa responsável pela gestão de consignado nestes locais, ajuda o servidor a encontrar as instituições com as melhores taxas e prazos de consignado do mercado. Para tomar a decisão mais coerente quanto à contratação, o servidor pode procurar aconselhamento financeiro nas centrais de atendimento da Use Mais. No local, o funcionário também é orientado sobre todo o processo de consignação.