Ranking traz milhares de empresas do mundo que investem em inovação

“Segundo Marcio Pereira CEO da United HR, as empresas que investiram mais de 70% do orçamento em inovação fora de seus países de origem, cresceram em desempenho”

O investimento em inovação continua a crescer em todo o mundo, revela estudo anual Company Innovation, realizado pela consultoria United HR. Trata-se de uma análise do investimento em Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação de milhares de empresas do mundo.

A fabricante Neo Rodas está investindo R$ 20 milhões em uma planta de pintura automática. As instalações vão receber equipamentos importados da Alemanha para a aplicação de primer em pó e processos de pintura líquida capazes de atender padrões de qualidade mais rigorosos exigidos pelas grandes montadoras. Segundo a empresa, os novos processos vão ampliar a capacidade produtiva para 150 mil rodas por mês, com aumento da qualidade final. A operação da nova planta de pintura está programada para o segundo semestre do ano que vem. O novo aporte se soma aos R$ 30 milhões que a companhia investiu desde 2016. A fábrica da Neo Rodas está em Vinhedo (SP) e atua no segmento de rodas automotivas de alumínio para fornecimento exclusivo ao mercado original (OEM). Volkswagen, Fiat-Chrysler, General Motors, Caoa-Hyundai, Mitsubishi, Lifan e BYD fazem parte de sua lista de clientes. Fonte: Lafis

A BMW anunciou que realizará investimento de R$ 125 milhões na sua fábrica de Araquari (SC), para produzir as novas versões do utilitário esportivo X4 e do sedã Série 3. De acordo com a empresa, a nova geração do SUV começará a ser fabricada já no próximo mês de dezembro. Já a produção do sedã está programada para começar só no segundo semestre de 2019. Até lá, o Série 3, um dos mais recentes lançamentos da BMW mundial, a sua nova geração foi apresentada apenas no mês passado, no Salão de Paris, e chegará ao Brasil importado da Alemanha. Fonte: Usinagem Brasil

A Novelis anunciou um investimento de R$ 650 milhões na fábrica de Pindamonhangaba (SP). A expansão beneficiará os setores de latas de bebidas e especialidades, com o aumento da capacidade de produção de chapas em 100 mil toneladas/ano e da capacidade de reciclagem em 60 mil toneladas/ano. A expansão elevará a capacidade total da fábrica de Pinda para cerca de 680 mil toneladas/ano e a de reciclagem para 450 mil toneladas/ano. Fonte: Lafis

O Grupo CCR, antiga Companhia de Concessões Rodoviárias, venceu o leilão para a concessão, por 30 anos, da Rodovia de Integração do Sul (RIS), no Rio Grande do Sul. A previsão é de que sejam investidos R$ 7,8 bilhões no trecho, dos quais R$ 53 milhões serão destinados a estudos e pesquisas de desenvolvimento tecnológico e R$ 31 milhões serão utilizados para segurança viária, com programas de prevenção a acidentes e educação no trânsito. Também estão estimados gastos de R$ 5,6 bilhões com custos operacionais para conservação, operação e monitoramento. Fonte: Lafis

A Sapore, por meio de sua controladora Abanzai, publica hoje um edital com os termos da oferta pública de aquisição de ações (OPA) de pouco mais de 40% da IMC, donas das redes de restaurantes Viena e Frango Assado. Na sequência, o objetivo é apresentar uma proposta para união das duas companhias. É a terceira vez este ano que a empresa de Daniel Mendez tenta uma combinação entre as duas operações. Fonte: Valor Econômico

A Braskem já programou para o último trimestre de 2019 uma parada para manutenção de sua mais antiga central de matérias-primas em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Serão investidos recursos da ordem de R$ 300 milhões na limpeza e atualização tecnológica da unidade, visando aumentar a sua competitividade. Todo o processo deve durar pouco mais de 30 dias. Fonte: Lafis

A Brasilata, uma fabricante de embalagens de aço está transferindo suas atividades para Jundiaí. Dentro de aproximadamente seis meses a empresa inicia as operações no Município, com previsão de ter 100% da atividade em funcionamento no início de 2020. Os executivos informaram que, atualmente, a empresa tem cerca de 450 funcionários em São Paulo, onde fica a sede.

Como nos anos anteriores em que a pesquisa foi realizada pela United HR, ainda não há uma evidência clara de que o alto nível de investimento em inovação seja garantia de resultados melhores. Segundo Marcio Pereira CEO da United HR, as empresas que investiram mais de 70% do orçamento em inovação fora de seus países de origem tiveram um desempenho superior no total de retorno para os seus investidores, no que se refere à margem de operação, ao crescimento de capital e ao retorno dos ativos.

Marcia Pillat CEO North America da United HR, aprofundou a análise das distribuições geográficas dos investimentos em inovação e descobriu que um grupo de 200 empresas foi responsável por 70% - US$ 290 bilhões - dos investimentos na área em 2018. Essa amostra contemplou as atividades de inovação conduzidas por empresas em mais de 2500 localidades, em 30 países.



Website: http://unitedhr.co